Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu, behçet

Eu, behçet

17
Set19

COMO ESTÁ A SAÚDE EM PORTUGAL?

Patrícia Pedrosa

 

Anotação 2019-09-17 184710.png

 

Saudações a todos!

Tenho estado mais ausente por questões relacionadas com a minha saúde, mas hoje é um novo dia e trago-vos um retrato da saúde em Portugal.

A população portuguesa tem vindo a diminuir desde 2010, segundo dados estatisticos analisados em 2018 somos cerca de 10.3 milhoes de habitantes concentrados nas zonas urbanas e litorais sendo Lisboa a região do país com maior número de residentes e o Alentejo o vencedor do título de menor número de habitantes.

Podemos afirmar também que Portugal  é um país envelhecido com 21% da população com mais de 65 anos das quais mais mulheres do que homens. 

Neste momento em Portugal, 1 milhão de Portugueses têm mais de 75 anos!

Para além do número de nascimentos em Portugal ser bastante inferior em relação ao número de óbitos, 31.5% dos nascimentos que ocorreram em Portugal em 2018 foram de mulheres com 35 anos ou mais, e apenas 3.5% em mulheres com 20 anos ou menos.

Apesar de sermos cada vez menos em Portugal, a esperança média de vida tem vindo a aumentar, sendo neste momento superior a 80 anos, no entanto com maior número de comorbilidades!

Outro dado positivo é o numero de crianças que morre no primeiro de vida. Este número tem vindo a diminuir, diminuindo assim os indices de mortalidade infantil. Portugal apresenta também desta forma, uma esperança média de vida á nascença superior aos restantes países da OCDE

Dados igualmente interessantes são o facto das doenças crónicas serem responsavéis por 80% da mortalidade nos paises da Europa, sendo as afeções do sistema circulatório as principais responsáveis. 

A incidencia destas doenças é condicionada por factores de risco inidividuais e socais das quais se destacam:

-Excesso de peso;

- Hábitos alimentares desiquilibrados;

-Sedentarismo;

- Tabagismos;

- Hábitos Alcoolicos; 

Segundo esta análise nacional as doenças musculoesqueléticas, a depressao, as doenças da pele e as enxaquecas surgem em número um nos problemas de saúde que mais afetam a população.

Por outro lado, no que respeitante ás doenças que mais matam em Portugal as cerebro-cardiovasculares ocupam o 1º lugar,  o Cancro o 2º lugar. Em terceiro estão destacadas as doenças respiratórias e diabetes.

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D