Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu, behçet

Eu, behçet

07
Set19

DEVOLVER MEDICAMENTOS VAZIOS E FORA DE VALIDADE Á FARMÁCIA? PORQUÊ?

Patrícia Pedrosa

Pois bem, hoje irei falar sobre um tema mais abrangente, nomeadamente a importância de devolver os medicamentos vazios ou fora de validade na sua fármacia local. 

Sabia que 1 kg de medicamentos descartados pelos esgostos pode contaminar até cerca de 450 mil litros de água? 

Sabia que segundo os mais recentes estudos, 60% das intoxicações infantis se deve a intoxicações acidentais, por medicamentos em locais de fácil acesso? 

E ainda sabia que a conservação de medicamentos fora de prazo pode levar á automedicação indevida acarretando riscos graves na sua saúde?

Pois bem, tudo isto pode ser facilmente evitado melhorando assim os niveis de reciclagem e gestão de medicamentos. Para isso basta: 

1. Escolher um local seguro, seco e apropriado que nao seja de facil acesso a crianças para acondicionamento dos medicamentos, evitando assim intoxicações acidentais. Deve ainda conservar os medicamentos dentro das embalagens com respetivos folhetos informativos no seu interior.

2. Realizar uma vistoria á sua " farmácia doméstica" ( a cada 6 a 12 meses) dispensando embalagens vazias de cartão , folhetos informativos em papel,  elementos vazios ou com restos (frascos, blisters, ampolas, bisnagas, frascos, etc.), acessórios utilizados para facilitar a administração dos medicamentos (copos ou colheresmedida, cânulas, conta-gotas, inaladores, nebulizadores, etc.) e medicamentos fora de prazo/validade usando para o efeito um saco Ecomed ( facultado pela farmácia local) ou qualquer outro saco acumulado em casa amigo do ambiente.

3. Devolver na farmácia os medicamentos dispensados para serem posteriormente depositados nos contentores da própria farmácia.

Atenção!! Existe uma restrição de elementos que não podem ser devolvidos nas farmácias como é o caso dos seguintes:

- Agulhas e/ou seringas ou outro material corto-perfurante; -Termómetros. - Material de penso e cirúrgico (álcool, água oxigenada, tintura de iodo, gaze, algodão, etc.). - Produtos químicos (detergentes, lixívias, etc.). - Aparelhos eléctricos e/ou electrónicos. - Pilhas. - Lâmpadas. - Radiografias

Devolver  resíduos de embalagens e de medicamentos à farmácia contribui para a segurança dos cidadãos, pois reduz os riscos de consumo de produtos com prazo de validade caducado, automedicação indevida e risco de ocorrência de acidentes domésticos (especialmente com crianças), bem como contribuí para saúde publica e gestão ambiental pois todos os resíduos terão posteriormente um tratamento adequado dado que os materiais utilizados no fabrico das embalagens são enviados para reciclagem (papel, cartão, plástico, vidro) e os restantes resíduos, incluindo os restos de medicamentos, são encaminhados para incineração com valorização energética.

Práticamente todas as farmácias existentes no território nacional, Continente e Ilhas, são aderentes ao sistema VALORMED estando identificadas, de uma forma geral, com um autocolante com a indicação de Ecofarmácia.

A VALORMED é a sociedade sem fins lucrativos que tem a responsabilidade de gestão de resíduos de embalagens vazias e medicamentos fora de uso. Ela é tutelada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), sendo licenciada pelos Ministérios do Ambiente e da Economia.

As taxas de recolha de resíduos tem vida a aumentar de ano para ano. Contribua também! Conserva o ambiente e ainda diminui o risco de intoxicações em sua casa! Fica a dica !! :) 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D